quarta-feira, 9 de abril de 2008

Digressão a Beja


Foi no passado dia 1 de Abril (dia das mentiras), que a equipa universitária de rugby do Instituto Superior de Agronomia se deslocou a Beja, para participar em mais um torneio de seven’s, do qual foi gentilmente convidada pela Escola Superior Agrária de Beja.

O dia começou bem cedo para a equipa, tendo a comitiva partido do ISA pelas 7 da manha.

Chegados a Beja, o Gui como capitão e responsável do rugby desta época foi logo fazer o “check-in” da equipa para que rapidamente nos fosse distribuído um balneário e pudéssemos começar a aquecer, pois faltavam pouco mais de 20m para o 1º jogo.

A equipa de rugby do ISA apresentou-se em Beja com os seguintes jogadores:

  • Guilherme Martins (Gui)
  • Miguel Louro
  • Salvador Cunha
  • Francisco Leitão
  • Fernando Costa (nando)
  • Duarte Corte-Real
  • Manuel Ezequiel
  • Diogo Inês (Zibaía)
  • Pedro “aí o meu ombro” Cuba

Retomando o seguimento dos jogos, abrimos logo o torneio contra a poderosa equipa do Cré, upsss, peço desculpa, da Universidade de Évora. Perdemos pela diferença mínima de 1 ensaio, foi um jogo bastante renhido e com algumas picardias (saudáveis), e que de nada desprestigia esta tão nobre modalidade que é o rugby. Picardias essa que serviriam mais tarde para dar animo a uma dispotadíssima final, mas que mais á frente falaremos…

O ISA ainda fez durante a parte da manha mais 3 jogos, foram partidas fáceis que foram ganhas por grande margem de ensaios, podendo esta equipa rodar todos os seus jogares, principalmente os menos experientes e menos rodados.

Menos sorte teve o nosso companheiro Pedro “aí o meu ombro” Cuba, que no decorrer do último jogo da parte da manhã, e com muito espírito de camaradagem ao oferecer um ensaio ao seu amigo Zibaía, foi abalrroádo fora de tempo por um qualquer novilho da terra, deslocando o seu ombro. Foi aparatosa a situação, tendo de imediato a organização chamado o 112. Ainda hoje não se sabe o porquê, de aquando o ombro lhe ter saltado, a 1ª pessoa a que o Cuba recorreu suplicando ajuda, foi o Nando. Este, cheio de vontade de ajudar o seu amigo, começou a correr para o banco de suplentes para ir buscar água, não mais voltando á zona do crime, ficou bem longe a dar bitáques, tal e qual o típico tuga que pára do outro lado da autoestrada para ver um acidente e dár a sua opinião, enfim…medricas.

O almoço foi nos oferecido pela Escola Superior Agrária da terra na cantina do seu estabelecimento. Foi um convívio muito agradável entre todas as equipas, e que deu para trocar impressões do torneio.

Da parte da tarde o torneio começou com a nossa equipa equipa a ganhar á Universidade do Algarve. Vitória alargada e que fez com que automaticamente a presença na final ficasse assegurada.

Foi unânime a decisão da organização e das equipas presentes, fazendo-se em 1º lugar a final e de seguida a disputa do 3º e 4º lugar.

O ISA entrou para a final com uma equipa com um enorme querer, mas fisicamente já muito desgastada, não fosse aquele o 7º jogo que iria fazer, de realçar o primaveril dia que se fez sentir, chegando os termómetros a atingir os 31ºC, não fosse também Beja a capital do calor.

Perdemos a final para o Cré, upsss, mais uma vez peço desculpa, para a Universidade de Évora, pela diferença de 3 ensaios. Começámos bem a partida, adiantamo-nos no marcador, mas com o decorrer do jogo e já com falta de pernas, fomo-nos deixando ir a baixo, fazendo com que Évora marca-se 3 ensaios.

Foi uma final interessante. Esta sem picardias e muito bem jogada por ambas as equipas, fica também o desafio no torneio que se irá realizar no próximo mês na terra da equipa vencedora, que de tudo faremos para levar o caneco para Lisboa…A TAÇA SERÁ NOSSA.

Para a 3ª parte, fomos antes do jantar convidados a conhecer o novo bar do rugby de Beja, um bar muito bem decorado e com um ambiente típico de quem vive intensamente e com amor este desporto. Seguimos para o jantar, e já bem carregados para uma churrascada, mais uma vez oferecida pela Agrária de Beja. Foi extraordinário o convívio entre as equipas, organização e amigos de jogadores. A noite continuou até altas horas já no recinto da queima das fitas ao som do nosso tão querido Quim Barreiros, esse “Camões” dos tempos modernos. De salientar que durante o intervalo do concerto, foi merecidamente entregue o prémio de melhor jogador do torneio ao nosso Salvador Cunha.Cunha pelo qual é conhecido discursou, perdão recitou poesia, deixando o mulherio ali presente desejoso de tomar em sua posse tal Hércules, que por mero acaso foi espalhar a sua magia por terras Alentejanas.

Conclui-se assim o torneio de seven’s de Beja. A equipa universitária do Instituto Superior de Agronomia como não poderia deixar de ser, mais uma vez participou e dignificou o estabelecimento e a camisola que envergava.

Os nossos agradecimentos á Escola Superior Agrária de Beja pelo convite e a pela organização, e sobretudo pelo convívio, que é para isso que estes torneios servem. Apesar de ter sido a primeira vez, ficamos á espera pelo convite para o próximo ano, ficando já a promessa que: PARA O ANO O CANECO È NOSSO.

Fernando Santos Costa

Classificação do torneio:

1º- Cré, upsss. É a última vez, juro… Universidade de Évora

2º- Instituto Superior de Agronomia

3º- Universidade do Algarve

4º- Escola Superior Agrária de Beja 2

PS: Desde já, também os nosso agradecimentos aos 9 guerreiros, que fizeram um esforço enorme tanto monetariamente como academicamente, para se deslocarem a Beja para representar a sua instituição, que seja para todos um exemplo

4 comentários:

Louro disse...

grande nando, isto ta aqui uma bela reportagem sim senhor.
mas a gente quer é chapas!

eheh

abraço

Anónimo disse...

já mandei as chapas ao gui, apertem com ele para as pôr. já agora apertem tb com o Pedro"ai o meu ombro"Cuba q tambem lá tinha maquina, e que a irmã se fartou de tirar fotos.... abraço nando

Duarte disse...

Grande...sim sr...muito boa repostagem...bem me parecia que o nando tinha ido pa alguma coisa palém d jogar...
so axo estranho ninguem ainda ter comentado a trufa espantosa e tresloucada q o sr salvador apresentava...akilo ta quase ao nivel Afro ...

diogo disse...

o nando ta no curso errado jornalismo!!
mt bem senhor nando!!